fragile bird

‘Whats wrong with your mind?
You used to be so strong and stable.
What makes you feel so alone?’
City and Colour – O’sister

.

.

Às vezes eu fico com tanto medo, mas é tanto medo que eu tenho vontade de chorar e pedir colo. Tenho medo de voltar a sentir tudo aquilo que eu estava sentindo há dois anos atrás. Medo da crise, medo de não me controlar, medo de assustar os outros, medo de deixar eu de novo. Você já se sentiu assim? Já sentiu que aos poucos você foi construindo um castelo de cartas e que, a qualquer momento, ele pode cair? Você já se sentiu medrosa, insegura e sozinha? Eu sei que é besteira pensar que estou sozinha, pois não estou, tenho pessoas incríveis ao meu lado, mesmo assim, meu medo tem me paralisado e eu não quero voltar a sentir tudo aquilo que eu senti. Eu só quero seguir em frente, de bem comigo mesmo e pensando só no melhor. Eu quero mesmo. Mas, por enquanto, será que eu poderia ter um pouco de colo e atenção?
.
Anúncios

Cartas a um certo alguém VI

.

.
Em qualquer lugar, num dia qualquer de outubro, num ano de pouca importância.

É quase uma da manhã e eu deveria estar dormindo, mas o sono não chegou, a música não parou, então, escolhi ver a caneta deslizar pelas páginas brancas desse caderno velho. Está tudo escuro lá fora e a única luz aqui dentro vem do abajur velho sob a cabeceira. Fiquei pensando em mil coisas pra escrever, pra te contar, mas acho que não quero te contar nada em especial. Só quero escrever, faz tanto tempo desde a última vez que peguei uma caneta e um caderno com esse objetivo. Algo que antes era tão comum, agora parece novidade. Desculpe te encher com essas bobagens, mas sempre que eu me expresso através da escrita, as palavras simplesmente fluem com naturalidade. Você sabe o quanto eu gosto delas. Às vezes eu não as uso muito bem, mas eu me esforço e espero que você entenda como faz diferença ter um meio para exteriorizar tudo o que sentimos ou pensamos. Então, meu bem, aguente mais um pouco, as linhas estão quase acabando e eu só quero que você saiba que é muito bom saber que você entende tudo isso. Que você entende tudo aquilo que fica escondido nessas linhas, nessas tentativas de te dizer alguma coisa, alguma coisa que vá além dessas poucas palavras. Obrigada, meu amor. Obrigada.
Com carinho,
Ella.

Obrigada!

.

.
Hoje você estaria completando 84 anos. Como eu queria que você estivesse aqui, mesmo. Foi você quem me ensinou os primeiros passos, foi você quem me ensinou a comer doce de leite com o dedo e limpar os dedos na toalha da vó. Foi você quem me ensinou o gosto pela natureza, pelo céu e pela leitura: três espaços que permitem viajar. Queria ter agradecido tudo o que você fez por mim ainda em vida, mas acho que aquele último eu te amo, antes de tudo acontecer, já dizia tudo isso né?! Vô, eu sempre vou te amar muito, te admirar muito e sempre vou sentir muito a sua falta. Você é aquele tipo de pessoa que a gente não esquece, e eu não digo isso só pelo fato de você ser meu avô, mas porque você foi um grande professor, um grande homem, um herói. Você batalhou tanto na vida e sofreu tanto pra chegar onde chegou. Em partes, se hoje tenho uma boa casa, foi porque você a construiu. Se hoje tenho um pai presente foi porque você o educou pra isso. Nunca vou esquecer de agradecê-lo por tudo. Obrigada por ter sido um grande avô, por ter sido tão presente na minha vida. Obrigada por todos os ensinamentos e obrigada por ainda cuidar de mim. Te amo muito!
.

Broken

.

.
“Meu Deus do céu Ella, chega com essa síndrome de Alice no país das maravilhas!”
“Menina, pare de sonhar”.
“Às vezes é preciso sair do castelo”.

E aos poucos o mundo a sua volta foi consumindo os sonhos, mesmo que por vezes, fossem realmente apenas sonhos, que ela tinha consciência que não passariam disso.
.

Seis coisas que gostaria de fazer, mas ainda não fiz

Visitando o blog Ba Moretti’s encontrei esse meme, e como estou sem postar há algum tempinho, não custa acrescentar um meme curtinho para o blog. Vamos às seis coisas que eu gostaria de fazer, mas ainda não fiz:
  • Conhecer NY
Mil palavras poderiam tentar explicar essa vontade de conhecer Nova Iorque, mas é melhor deixar que cada um pense o que quiser.
  • Viajar com os amigos
Já estamos nos organizando pra viajar, a questão é conseguir encaixar datas e outras coisas mais.
  • Fazer uma tatuagem
Acho que uma tatuagem delicadinha ia ficar bonito, mas falta coragem.
  • Conhecer Campinas-SP
É a cidade onde nasci e vivi apenas 6 meses. Não conheço nada da minha cidade natal.
  • Ver o sol nascer na praia
  • Ir a um show do Rascal Flatts ou John Mayer ou Brad Paisley nos EUA
Sem explicação, simplesmente morro de vontade de ir a um show deles.
.

Promete

.

.
Promete que você vai ser sempre sincero? Promete que quando eu estiver uma chata, que não larga do seu pé você vai me dizer? Promete que quando eu fizer alguma coisa que te incomoda você vai parar, me olhar nos olhos e dizer que não quer que eu faça mais isso? Promete que vai valorizar cada minuto que estivermos juntos? Promete também sempre me fazer rir? Promete ficar do meu lado? Promete que vai aguentar minhas paranoias na tpm? Jura que me aceita do jeito que eu sou? Também prometo trabalhar toda essa minha ansiedade, só pra ver a gente bem.
.