Dois

.

.

Ele não sabia como chegar nela. Aproximava-se aos poucos. Primeiro, olhando meio de canto de olho. Um olhar daqueles desconfiados. Depois, tocava de leve a pele dela, às vezes na mão, outras vezes um toquezinho delicado no braço. Aos poucos iam ficando mais perto. Ombro com ombro e mais algumas cutucadas. Algumas cócegas para fazê-la rir. Aos poucos já estavam abraçados. Ele a apertava na barriga, meio que querendo fazer cócegas. Brincadeirinhas que levavam ao toque. Tudo para estar mais próximo. Tudo para estar com ela, tocar nela, sentir ela e saber dela. Tudo muito juvenil. Tudo muito belo, divertido. Como em sonhos.
.
Me.W.o
Anúncios

Re-Começo

.

.

Milhões de coisas pra fazer. E assim, foram poucos os momentos que me lembrei de você. Acabei lembrando de outros. Conheci outros como ‘você’. E quer saber, foi ótimo ser o centro das atenções por um momento. Mesmo que esse momento não se compare aos milhares de momentos em que você, simplesmente, esteve comigo. Mas já é um começo. Já posso caminhar sozinha. Me permito conhecer novas pessoas. Não que eu consiga ir além. Mas já é um começo.
.
Me.W.o

Träume

.

.
Apenas sonhos. Devaneios. Utopias. Anseios. E você. Em tudo isso.
.
Me.W.o

Céu

.

.
A vista daqui não é mais a mesma.
Continua tendo brilho. 
Continua tendo cor, é claro.
São coisas que não dá pra negar.
Diriam que estou sendo cega. 
Mas você sabe que eu não digo das coisas que estão ali na nossa cara. 
Falta o fundamental. 
Falta você aqui do meu lado me dizendo tudo aquilo que não canso de relembrar.
Aquilo que era um segredo só nosso.
Ou eu estou ousando imaginar?
.
Me.W.o

Palavras comedidas

“Só entende o valor do silêncio quem tem necessidade de calar para não ferir alguém”.
Jean-Jacques Rousseau

.

.
Você diz A entendem B.
Você não diz nada, pensam que você está dizendo tudo.
Você diz que não, a pessoa pensa que é sim.
Tem gente que entende tudo errado.
Vai entender o por quê.
.
Me.W.o