Sonho

.
.
Eram águas turbulentas. Ela mergulhou e não conseguia voltar. Faltou ar, faltou vontade. A esperança nem a tinha acompanhado. Preferiu ficar ali. Quieta. Esperando pelo que tivesse que ser. Não havia desespero. Nem medo. Não havia nada. Simplesmente, nada a ser feito. A não ser um sentimento: o de ser salva.
Há muitas maneiras de ser salva.
Por exemplo, ser acordada.
Me.W.o
Anúncios

um giro

.
Mais uma volta na roda da vida.
Mais um ano para acrescentar aos que passaram.
Ano de novas amizades.
Dos mesmos amores.
De diferentes palavras.
De um certo ‘exorcismo’ gramatical-sintático-afetivo.
De novas descobertas.
Um ano que ela pode dizer que foi de completo aprendizado.
De estresses, quedas e também de cabeças erguidas.
De saber levantar depois do tombo.
Ano de saber com quem contar.
E isso ela pode afirmar, que é com muita gente.
Um ano que ela vai chamar de ‘meu’.
Que vai compartilhar com os que estão próximos.
Um ano excelente para proceder um melhor ainda.
E que agora que ela compartilha com os amigos leitores.
Os reais, os virtuais, os de viagem…
Esse momento assim, dela.

De compartilhar o que ela sente.

Uma felicidade que não cabe no peito.
E por isso ela compartilha.
Multiplicar alegrias é o que há.
.
Me.W.o

Real

Have you ever felt this way? Have you ever hated yourself for staring at the phone? Your whole life waiting on the ring to prove you’re not alone”
Pink – Glitter in the air
Às vezes o que ela queria era estar mais perto do chão.
Perto da realidade.
Ter uma certa segurança.
A realidade provoca nela
um estado de não pré-ocupação.



É.
Não Pré-Ocupação.
Na realidade, não seguimos sonhando.
Porque senão surge alguém e nos atropela.

Então, você tem que realizar, tem que seguir em frente.
E não esperar as coisas acontecerem.
E elas só acontecem quando tem que acontecer.
Será?

Ela espera que isso não seja verdade.

.

Me.W.o

Happy Ending

.

.
Ela só queria ficar quieta naquele momento.
Não tinha o que falar. Não precisava falar.
Na verdade, não saberia nem o que dizer.
E ouso dizer que ela não queria falar nada mais sobre o assunto.
Só queria silêncio.
Sentar. Admirar o céu pela janela do quarto.
Encostar no ombro dele. Sentir-se segura.
Talvez a ajudasse a pegar no sono.
Quem sabe devolveria os sonhos a ela.
A crença de que há sempre um final feliz.
Para todas as histórias.
.
Me.W.o

#Insônia

.

.
Às vezes quando o céu arrisca chover.
Ela rabisca no caderno palavras que não consegue dizer.
Desenha cada letra como se fosse a primeira que escreve.
Volta a ser menina.
Aquela que escreve em diários.
Que acredita em príncipes encantados.
Em cavalos brancos.


Então, puxa as cobertas de cima da cama
e leva para o chão, próximo a janela
e monta ali a sua guarda.
Esperando a primeira gota de chuva cair.
Pra ver se consegue dormir.
Sonhar.
E crescer.
.
Me.W.o

Start a…

.
.
Happy Valentine’s Day!
.