Bons sonhos

E o que ela mais sonhava. E desejava. Era que ele a surpreendesse.
Demonstrasse de algum modo. Que ele também a queria.
Todo dia. Toda hora.


Ela queria estar por aí. Num lugar bem bobo.
Despreocupada.
[O que dificilmente acontece]
E então haveria uma chamada em seu celular.
E aquela voz que ela simplesmente não esquece.
Daquele que é único para ela.
Ele diria como ela fica linda de vestido.
E como é gostoso vê-la mexendo delicadamente naquela mecha de cabelo que às vezes cai sobre os olhos.
E como ela é toda delicada mordendo de leve o canto dos lábios.
E ele continuaria falando dela.
E ela lentamente começaria a procurá-lo.
E ela ficaria muda ao telefone.
Procurando ao seu redor o mínimo detalhe que parecesse ele.
E ele lhe perguntaria se está tudo bem.
E ela faria manha, dizendo que sente saudades.
E ele a surpreenderia.
Fechando lhe os olhos.
Dando lhe um beijo com uma flor.
Pra’quele momento ficar guardado para sempre.
.
Me.W.o
.

Anúncios

[Sobre uma professora de lua]

Porque ela é assim tão fria?
Com os outros é só sorriso.
E com elas são só críticas e cobranças?
Porque ela não pode ser normal?


Ela avalia conforme a Lua.
O ascendente e o descendente.
Então, dou uma dica.
Procure conhecer seu ciclo lunar.
E não esqueça do horóscopo 
e da história da vida passada.


Se você se apresentar durante a lua cheia.
Acredito que terá uma excelente nota.
Mas se para ti uma nota razoável já é bom.
Sugiro se apresentar na lua minguante.


É tudo uma questão de estudo dos astros.
Ou será de sorte? 


Se der azar e apresentar durante a lua nova.
Prepara-se para começar tudo de novo.
E de novo. É questão de sorte.
Não tem nada haver com apatia.
Imagine.


Espero que seja apenas uma má fase.

Me.W.o

[Sobre uma menina, um ônibus e um caderno]

.

Era final de dia.
O sol já havia se posto.
E ela já seguia a caminho de casa.
Pagou o cobrador.
Sentou-se a janela.
Queria admirar os passantes.
Admirar as cores.
Abriu o caderno.
E aguardou o ônibus partir.
Insconscientemente, rabiscou corações no caderno.
Eram tantos, que não cabia se quer uma letra miúda no canto da página.
E ao ver o seu caderno recheado de sonhos e esperanças.
Ela riu. Sozinha.
Como uma menina no ônibus.
Timidamente…
Sonhando.
Permetindo-se ser feliz.
.
 Me.W.o
.

Roda-Vida

.

Eu imagino a vida como uma roda gigante
Onde às vezes se está por cima
Às vezes se está por baixo
Mas o que conta não é a posição em que estamos
Mas sim para onde olhamos

Eu imagino a vida como uma roda gigante
Girando, girando e girando, e acabando no mesmo lugar
O que não significa que as coisas estão como eram antes
Nesse girar, provavelmente, o sol já terá se posto
As primeiras estrelas já terão surgido no céu
E a sua percepção desse mundo será outra

Eu imagino a vida como uma roda gigante
Onde você sente uma certa ânsia com medo do que está por vir
Onde você se senta pra ver além, pois do chão não vemos tanta coisa
Onde você sabe que vai se sentir nas alturas pelo menos uma vez
E vai ver que esse mundo vai além do que você conhece
Muito além

Eu imagino a vida como uma roda gigante
Onde eu sei que tudo alguma hora vai acabar
O sentimento ruim vai se esvair
A raiva vai passar
Você vai voltar a sorrir
Vai voltar a acreditar

E como numa roda gigante
Você vai ver que nada é pra sempre
Nada
Estamos numa grande roda-viva
E alguma hora, vai passar
.
Me.W.o
.

Coisa de cinema

 
– E por que você quer casar comigo?
– Para eu poder te beijar quando eu quiser!” 
.
(Doce Lar – 2000)
.

~

.

“Já viu alguém e soube que se aquela pessoa realmente conhecesse você teria, bem, teria é claro se livrado do modelo perfeito com quem estava, e se daria conta de que você é a pessoa com quem queria envelhecer?”

 (Enquanto você dormia – 1995) 
.